Respeite o idoso. Lembre que um dia você ficará idoso e vai querer ser respeitado.

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Tv Pen drive joguei a toalha

Tv Pen drive joguei a toalha.



É cheguei a conclusão que cansei de tentar converter vídeos em mpg para a tv pen drive, isto porque baixei 3 programas que travaram meu computador. Dois sites que pregavam a idéia de que eles eram os melhores pelo fato de não ser preciso baixar, apenas informar o arquivo, ou o url do site e; conseqüentemente, converter os vídeos para o tal mpg(Vale lembrar que os arquivos de áudio devem estar no formato MP3 ou WMA, os de imagens em JPG (JPEG), os de vídeos no formato MPG (MPEG 1 e 2 ou MP4) e AVI (DIVX e XVID).)

Alguns exemplos de sites de conversão SÃO: http://www.movavi.com.http://www.zamzar.com.http://media-convert.com/conversor.


Tive ajuda de dois alunos que conseguiram um conversor, contudo travou o meu computador; apesar de eu ter conseguido converter vídeos: porém todos mudos. Simplesmente mudos, repeti todo o processo – não sei quantas vezes – cujos resultados foram desanimadores. Naveguei por sites que alegam o universo em mpg, todavia eram vídeos inexpressíveis mais voltados para comunidades do que pensado para educação.


Consegui produzir slides para aulas, mas sem áudio, o que já foi a ida até Marte, uma conquista imensurável diante de meses que venho tentando fazer uso do equipamento. Vinha usando-a com auxilio de um DVD, entretanto imaginem uma escola com 14 professores disputando apenas um DVD. Docentes que tentam trazer novidades para sala, que aventuraram-se em concorrer com Ipods, celulares, mp3, mp4 e cia. Nosso plano b motivador, inovador para as aulas seria a tv pen drive; contudo fomos driblados, iludidos por uma tecnologia que está aquém das ferramentas disponíveis. Até o site da SEC não auxilia em muita coisa. Pouco, pouquíssimo traz que venha ajudar. O sentimento é de frustração, tal qual nadar, nadar, nadar e morrer na praia.

Um sentimento que vai crescendo a medida que o insucesso bate a porta. O pior é que o professor passa horas a fio frente ao computador preparando uma ou mais aula (fiz isso várias vezes), que no computador tudo funciona perfeito. Ao chegar na sala com os alunos ansiosos pela novidade, aguardando chegar o funcionário com o controle remoto, ligar as tomadas, ligar o televisor, o professor colocar o pen drive; aguardar alguns minutos e perceber que não funciona (passei por isso diversas vezes). Você para na frente dos alunos e diz: “tentei, perdi sábado e domingo para procurando, baixando vídeos, convertendo (achei que converteu, pois no computador rodou certinho), pensando na reação de contentamento dos alunos, e o desapontamento vence”.O desapontamento é o vencedor, ao passo que professor e alunos são os derrotados por uma tecnologia implacavelmente complicada e cheia de armadilhas confusas que faz com que aqueles que dispõe de um relativo conhecimento se abatam. Imaginem aqueles que não são muito versados na tecnologia, esses diante dos primeiros impasses desistem por conta dos insucessos e a falta de credibilidade nas palavras dos perpetradores da novidade.

Só quem lida com pessoas, quem está na sala diante dos alunos é que conhece de perto o gosto amargo da derrota, o gosto amargo de perder sábado e domingo e ver que tudo foi em vão, que agiu como o bobo da corte, que acreditou na cegonha e foi tratado como um bichinho amestrado. E no final ler, ver e ouve um bando de falastrões a dizer que os professores não se interessam em trazer novidades para as salas, que não usam os equipamentos comprados pelos governantes ou por eles mandados. É triste chegar a conclusão de que não existe vontade para com a escola e seu povo.

É macambúzio constatar que falares dispersos e cheios de verbetes elegantes, travestidos de opiniões saem vendendo baratas como se fossem fermentos da aleivosia e do embuste temperados com pusilanimidade de falares “opineiros”; cuja sala que freqüentam é de suas casas, escritórios climatizados abluídos a chazinhos e visões torcidas, convenientemente, dos fatos a fim de referendar um codilho “hitleriano” de modo a tornar verossímil os aleives.

Então é por isso que joguei a toalha, fui obrigado compulsoriamente a rever meus domingos e sábados constantemente arruinados, na louca e insana tentativa de converter infiéis vides em mpg e cia. Compelido fui a rever a entrada de vírus no meu computador, a causar danos nos meus arquivos para fazer conversões, cujos resultados foram flagelantes.

Portanto, tal qual os talibã (uns preferem taliban) e assemelhados que venceram aterrorizando o mundo: fui derrotando do mesmo modo que vários colegas da categoria. The end é o resultado de um software comprimido (e é isso mesmo) que comprime nossa paciência e vontade, nos levando a derrota total, assim eu me sinto. Ah se alguém puder ajudar-me, grato ficarei.

Peguei a toalha de volta.

Depois de reclamar muito, expor meus problemas e dividir com professores e alunos. Primeiramente professora Elaine de inglês do Colégio FCM sugeriu que agregasse um outro navegador FIREFOX, de modo que seria fácil conversão de vídeos para o formato da tv pen drive. Aqueles dois alunos que conseguiram um conversor, e que trvou no meu pc; se comprometeram converter os vídeos e passararem para o pen drive.

Com a ajuda deles ire verificar se consigo passar os vídeos. Quem limita com idiomas sabe o quanto importante é ou são os vídeos, posto que são ferramentos para educar e prepar a audição do aluno para a língua. Sei que nos parâmetros curriculares o falar inglês não é "aim". Porém, vale lembrar que alunos são pessoas e como pessoas têm vontades, desejos e anseios, diferentemnente de um software, ou nanobots (aqueles robos em escala microscópica que -atualmente- fica a mercê dos cientistas para fazerem pesquisas em nanotecnologia). Eles não são isso e, tendo os recursos e vontade do professor, nada custa ou danifica; apenas agrega valores e melhoria da estima.

A tv pen drive, para quem conhece "in deep" (nas profundezas) a escola pública e realmente está ou esteve em sala de aula sabe o quanto, foi ou é bom como ferramenta para agregar facilidades no aprendizado. A reclamação vem da tecnologia oferecida que limita e trava muito do que se pode fazer. Concordo que antes era o deserto e que a tv veio dar uma nova face ao ensino-aprendizagem, considerando a atual midiática clientela. Que está mais voltada para o visual.

Após expor minhas dúvidas consoante a ferramenta, recebi e-mails e comentários de professores que ajudaram bastante para que eu pudesse usar esta facilidade na sala de aula. Quero, de público, agradecer aos professores Walterlin de Santana (história), Elaine (Inglês), Soares (cujo comentário está abaixo), aos estudantes do 9º ano (8ª série) Gabriel santos de Souza e Felipe Gonçalves de Almeida do Colégio Estadual Francisco da Conceição Menezes, ao internáuta Sayuri (comentário abaixo) e Alan Marqueson Oliveira da Silva, aluno do 3º ano do ensino médio . Cada um ao seu modo contribuiu para que eu pudesse trabalhar os vídeos, com o uso do pendrive. Obrigado a todos vocês que com suas sugestões permitiu que pudesse eu converter os vídeos para mpg. Humildemente, obrigado mais uma vez as palavras solidárias e as sugestões. Assim, pego a toalha de volta e continuo a trabalhar.

CONHEÇA OS BLOGS DE

ALAN MARQUISON OLIVEIRA DA SILVA 3ª ENS.MÉDIO

PROFESSOR WALTERLIN HISTÓRIA 2 [AQUI]

PROFESSORA ELAINE INGLÊS [AQUI]


4 comentários:

Sayuri&Kiko disse...

professor, para baixar vídeo do youtube eu utilizo um programa chamado gettube muito fácil de ser manuseado. Você pode encontrá-lo no site www.baixaki.com.br. ele é pequeno. Quando for utilizá-lo, em configurações você coloca formato mpeg e seu vídeo já vem pronto para utilizar.

soares disse...

olá amigo...
Faço estágio como professor em colégio estadual (Irecê - BA), e uso a tv pen drive para fomentar a interatividade na sala...
consegui converter os videos para mpegi e 2 usando o Freez FLV to AVI MPEG WMV Converter.
para baisar videos do you tube uso o real pleyer gold, fácil fácil...esse tipo de conversão, precisa-se usar um pc médio, para que não ocorram trvamentos e para que o trabalho seja rápido...um dual core com 2 gb de memoria ram, e um bom hd, de preferencia sata...
soareslidio@hotmail.com
um abraço.

London Tech disse...

Olá professor, tudo bem?
Sou professor aqui no Estado do Paraná e tenho uma loja virtual.
Na loja vendemos controles para essas tvs.
Tenho uma mala direta de e-mails das escolas do Paraná, mas não tenho da Bahia.
Pode me ajudar? Se conseguir, te mando um controle de brinde.
Obrigado.
Me responda pelo e=mail: professoradaonunes@hotmail.com

London Tech disse...

Quanto ao conversor, uso aqui o aTube Catcher.
Simples e funcional.
Um abraço.

Att.
Professor Adão
E-mail: professoradaonunes@hotmail.com